Mídias Sociais para sua mãe!

O terceiro dia de Social Media Week começou com uma palestra voltada para um público cada vez mais presente na Internet: nossas mães. Pode não parecer, mas os Baby Boomers utilizam a Internet tanto quanto o público jovem, porém com outros propósitos, e num ritmo diferente do que estamos acostumados.

Também foi mostrado que a vida online é uma extensão de suas vidas, por isso elas ainda fazem muitas coisas consideradas fora da “ética da Internet”. Um exemplo muito comum é o envio incessante de Power Points, que elas consideram uma “forma digital de mandar cartões para quem se gosta”.

Além disso, elas são críticas e não permitem erros de português e abreviações, corrigindo tanto seus filhos quanto páginas de empresa. Por isso, ao trabalhar com esse grupo, fique de olho!

Peculiaridades à parte, as mães fazem parte de um mercado promissor, e vale a pena investir em produtos e serviços diferenciados, como acontece no Pink Marketing.

_

Como Bombar no Facebook?

Os jovens de 18 anos Diego Gadens (Sócio-Diretor da Social Adrenaline e co-criador do aplicativo Astral dos Memes) e Rickk Lopes (criador da Fan Page Muito Tédio, do @VouConfessarQue – segundo Twitter mais retuitado do mundo em 2010 – e co-criador do aplicativo Astral dos Memes) apresentaram estratégias para se conseguir engajamento no Facebook.

Com uma visão totalmente diferenciada dos presentes, os adolescentes deram uma verdadeira aula de Mídias Sociais, mostrando que tipo de conteúdo a geração deles está interessada em consumir.

Durante 27% do tempo que as pessoas passam no Facebook, elas estão visualizando a própria timeline. Por isso, para uma empresa se destacar, ela precisa ter conteúdo relevante, para competir com os amigos e parentes do usuário, além de outras empresas. Como fazer isso? Criando conteúdo relevante, como fotos, infográficos e vídeos. Afinal, ao contrário do que muitos pensam, a velha fórmula do Twitter de uma pequena chamada + link externo não funciona por aqui.

A dupla também reforçou a importância de sempre verificar o EdgeRank, algoritmo de relevância que o Facebook utiliza para classificar cada fan Page, e definir se ela será ou não exibida na Timeline do usuário.

E para finalizar, deram uma dica para as empresas que estão no Facebook: façam de suas páginas uma eterna versão beta, afinal, os usuários da Internet estão sempre se reinventando.

_

Liberdade de Expressão na Internet: Mito ou Realidade?

A advogada Patrícia Peck, especializada em Direito Digital, esclareceu as dúvidas do presente sobre a Liberdade de Expressão na Internet, mostrando que todos podem dizer o que pensam sem restrição, mas devem responder por tudo que está sendo dito.

E se ganhamos na liberdade de falar o que pensamos, perdemos o direito ao arrependimento. Afinal, uma vez publicado um conteúdo na Internet, não há como voltar atrás.