Blog

Estamos atentos às novidades, tendências e transformações. Compartilhamos ideias, pensamentos, questionamentos, referências e inspiração.

Tag: Social Media Week

Post

Social Media Week – São Paulo – Dia 03

Mídias Sociais para sua mãe!

O terceiro dia de Social Media Week começou com uma palestra voltada para um público cada vez mais presente na Internet: nossas mães. Pode não parecer, mas os Baby Boomers utilizam a Internet tanto quanto o público jovem, porém com outros propósitos, e num ritmo diferente do que estamos acostumados.

Também foi mostrado que a vida online é uma extensão de suas vidas, por isso elas ainda fazem muitas coisas consideradas fora da “ética da Internet”. Um exemplo muito comum é o envio incessante de Power Points, que elas consideram uma “forma digital de mandar cartões para quem se gosta”.

Além disso, elas são críticas e não permitem erros de português e abreviações, corrigindo tanto seus filhos quanto páginas de empresa. Por isso, ao trabalhar com esse grupo, fique de olho!

Peculiaridades à parte, as mães fazem parte de um mercado promissor, e vale a pena investir em produtos e serviços diferenciados, como acontece no Pink Marketing.

_

Como Bombar no Facebook?

Os jovens de 18 anos Diego Gadens (Sócio-Diretor da Social Adrenaline e co-criador do aplicativo Astral dos Memes) e Rickk Lopes (criador da Fan Page Muito Tédio, do @VouConfessarQue – segundo Twitter mais retuitado do mundo em 2010 – e co-criador do aplicativo Astral dos Memes) apresentaram estratégias para se conseguir engajamento no Facebook.

Com uma visão totalmente diferenciada dos presentes, os adolescentes deram uma verdadeira aula de Mídias Sociais, mostrando que tipo de conteúdo a geração deles está interessada em consumir.

Durante 27% do tempo que as pessoas passam no Facebook, elas estão visualizando a própria timeline. Por isso, para uma empresa se destacar, ela precisa ter conteúdo relevante, para competir com os amigos e parentes do usuário, além de outras empresas. Como fazer isso? Criando conteúdo relevante, como fotos, infográficos e vídeos. Afinal, ao contrário do que muitos pensam, a velha fórmula do Twitter de uma pequena chamada + link externo não funciona por aqui.

A dupla também reforçou a importância de sempre verificar o EdgeRank, algoritmo de relevância que o Facebook utiliza para classificar cada fan Page, e definir se ela será ou não exibida na Timeline do usuário.

E para finalizar, deram uma dica para as empresas que estão no Facebook: façam de suas páginas uma eterna versão beta, afinal, os usuários da Internet estão sempre se reinventando.

_

Liberdade de Expressão na Internet: Mito ou Realidade?

A advogada Patrícia Peck, especializada em Direito Digital, esclareceu as dúvidas do presente sobre a Liberdade de Expressão na Internet, mostrando que todos podem dizer o que pensam sem restrição, mas devem responder por tudo que está sendo dito.

E se ganhamos na liberdade de falar o que pensamos, perdemos o direito ao arrependimento. Afinal, uma vez publicado um conteúdo na Internet, não há como voltar atrás.

Categoria

3bits recomenda

Tag

, ,

Interação

Comente (0)
Compartilhe

Post

Social Media Week – São Paulo – Dia 02

Mídias Sociais 3×3

O segundo dia de Social Media Week começou com a discussão “Mídias Sociais” 3 x 3, onde três profissionais de diferentes empresas, (Marcelo Salgado, Gerente de Redes Sociais do BradescoMaristela Mafei, Presidente da Máquina Comunicação e Ilca Sierra, E.Commerce Marketing Manager do Magazine Luiza), moderados por Jackson Fullen, sócio da Sixpix Contentapresentaram seus pontos de vista sobre as relações entre marcas e cliente final.


Ao apresentarem cases como o poema do Bradesco e o recém lançado Magazine Você,  eles mostraram que a redes sociais construíram um novo hábito do consumidor, e que é importante estar sempre ciente do que se passa na cabeça deles, para oferecer novas formas de relacionamento. Para finalizar, afirmaram que nas redes sociais o foco deve estar na relação com os clientes, e não no serviço prestado. Mas nem por isso ele deve deixar de existir.

_

You’re Doing it Right!

No Learning Stage (sala com menor capacidade, porém com as melhores palestras), Ian Black (CEO da New Vegas) e Solon Brochado (Diretor de Planejamento da DM9 Sul) falaram menos de mídia e mais de social. Afinal, apesar do uso massivo do marketing e da propaganda, a verdadeira essência desses meios é a relação entre as pessoas.

Com esse argumento, foram citados alguns cases de caráter mais humano, que usaram as redes sociais para fazer o bem.

SOCIAL
Shoot the Shit – jogando golf nos buracos das ruas de Porto Alegre.
Riot Cleanup – ajudando a recuperar áreas que foram afetadas pelas manifestações de Londres.
Vote na Web - monitorando seu candidato durante todo o mandato.

SAÚDE
Google flu – detectando possíveis epidemias de gripe através de citações na rede.
E-patients e Patients like me – pessoas que sofrem de doenças não tão comuns debatem com médicos e outros interessados sobre esses problemas.
Carly’s Voice – menina autista que não consegue falar, mas explica através de um blog como funciona a sua vida e a de outros à sua volta.

POLÍCIA
Operation Tidal Wave e Cold Case Initiative (Fbi) – redes de identificação de criminosos criadas pela polícia na Internet.

Quando indagado pelo público sobre a responsabilidade da mídia nesse tipo de ação, Ian Black foi direto, e disse que ninguém deve depender de outros para tomar esse tipo de iniciativa. E que se o problema da execução estiver na arrecadação de fundos, basta procurar um site de financiamento coletivo e encontrar outros interessados em sua causa.

Para finalizar, foi firmado um compromisso com os presentes: a participação no Projeto adote uma banda, aonde cada Social Media ficará responsável por uma banda que goste e acredite, e usará toda a sua expertise para que ela faça sucesso através da Internet.

_

A Kloutifcação da Sociedade

Rosana Hermann, Fábio Rex e Edney Souza debateram um ponto muito importante: em redes baseadas em relacionamento, como definir,  quantificar e qualificar a relevância de cada usuário? Para isso , muitas empresas hoje utilizam o Klout, ferramenta que define uma nota para cada usuário, de acordo com as atividades que ele exerce em cada rede social, e como elas são recebidas pelos seus seguidores. Como esse número é constantemente mutável, ocorre uma espécie de SEO na ferramenta, o que faz com que pessoas não tão relevantes assim passem a ter notas altas. Até que ponto isso pode ser relevante?

_

#Redemis: Informação ou Rumor?

Como fazer apuração jornalística nas redes quando as informações vem de todos lugares e urgem? Foi a pergunta respondida por Rosana HermannMarcelo Zorzanelli (editor da Revista Alfa e redator do Sensacionalista), Gilmar Lopes (editor do E.Farsas), Jose Luiz Goldfarb (#RedeMIS) e Diego Iraheta (Brasil 247). Apesar do bate-papo ser extenso e confuso, a resposta foi unânime: em primeira instância, desconfie de tudo.

Categoria

3bits recomenda

Tag

, , ,

Interação

Comente (0)
Compartilhe
array(7) {
  [166]=>
  string(83) "/nfs/c05/h04/mnt/73048/domains/3bits.net/html/wp-content/themes/3bits/functions.php"
  [172]=>
  string(77) "/nfs/c05/h04/mnt/73048/domains/3bits.net/html/wp-content/themes/3bits/tag.php"
  [173]=>
  string(80) "/nfs/c05/h04/mnt/73048/domains/3bits.net/html/wp-content/themes/3bits/header.php"
  [174]=>
  string(83) "/nfs/c05/h04/mnt/73048/domains/3bits.net/html/wp-content/themes/3bits/loop-blog.php"
  [175]=>
  string(84) "/nfs/c05/h04/mnt/73048/domains/3bits.net/html/wp-content/themes/3bits/pagination.php"
  [176]=>
  string(81) "/nfs/c05/h04/mnt/73048/domains/3bits.net/html/wp-content/themes/3bits/sidebar.php"
  [177]=>
  string(80) "/nfs/c05/h04/mnt/73048/domains/3bits.net/html/wp-content/themes/3bits/footer.php"
}